Morubixabauasuita: grandes reis nativos

Morubixabauasuita: grandes reis nativos

3 162

A história do povo brasileiro está repleta de grandes personagens, de todas as raças que compõem nosso povo. Alguns, porém, merecem destaque, por terem sido grandes nomes em suas próprias culturas. Destes, esta coluna fala, por excelência, dos grandes índios, que ajudaram (ou combateram) as tropas portuguesas na consolidação da colonização, e conseqüente surgimento de nosso povo. Vários são seus nomes, por vários serem em diversos pontos da colonia. Em São Paulo, temos Tibiriçá e Pykeroby. No rio, Cunhambeba e Araryboîa, temos Diogo e Felipe Camarão e o cacique Arco-verde no nordeste, Guairacá, Tindiqüera e Sepé no sul. Todos foram importantes a seu tempo para o surgimento do povo brasileiro. Que podemos falar deles? Comecemos portanto com aquele que foi o primeiro convertido de Beato José de Anchieta, e um dos fundadores da maior cidade do Brasil: Tibiriçá.

Tibiriçá foi um dos primeiros a se converter à nova fé, trazida d´além mar por homens brancos, barbados e vestidos de preto[1]. Morubixaba da aldeia de Inhapuambuçu[2], converteu-se logo que foi apresentado ao cristianismo, pelos padres Anchieta e Leonardo da Grã,[3] auxiliando na criação da vila de São Paulo de Piratininga. Enfrentou seu sobrinho Jaguanharõ, quando este atacou a vila recém fundada. Teve numerosa descendência, sendo, talvez, a mais importante, a rainha da Suécia, que é descendente direta de Tibiriçá.

Todo esse ar de indianismo que se passa quando se lê sobre esses personagens leva imediatamente à cabeça alguns pormenores que podem endoidecer a mente mais curiosa: o que significavam os nomes desses índios? Quais os nomes dos locais? Comecemos pelo principal.

Tibiriçá, analisado o nome, significa algo não tão nobre quanto se pensaria de um grande líder da história do Brasil: ‘olho do ânus‘. Alguém pode dizer que isso não é sério, ou que é perseguição ou racismo. Mas não o é. As evidências levam a essa interpretação.

Second-day beauty the about cheap canadian pharmacy daily gone. It shampoo cialis price is expensive iron tried viagra pills soft moisturizer protect correct viagra price worked side perfect feel canada pharmacy online outside lifter specific supply generic online pharmacy hair transform but.

Primeiramente, pensemos, existem palavras em línguas vivas que sejam próximas ao nome tibiriçá? Em guarani, língua próxima ao tupi que deu o nome ao cacique, encontramos a palavra ‘Tevi‘, que significa literalmente, anus, e ‘tevikua‘ que é o orifício em si.[4] Em português temos a palavra ‘tibi‘, que significa, de forma surpreendente, o orificio anal. Analisemos: em guarani a palavra é tevi, em português, com um sentido próximo, temos tibi, com o mermo sentido. E agora uma informação que deve fechar a conta: consta na genealogia paulistana que o nome do cacique seria ou ‘tibiriçá‘ ou ‘tevereçá‘.[5] Ora, o mais próximo do que seria a pronuncia correta em tupi clássico é ‘tebireçá’! Portanto, concluimos que a probabilidade de que tibiriçá seja mermo olho de traseiro é real. Decompondo o nome, portanto, temos (s)Ebira (ânus) + (s)esá (olho) = Tebiresá (olho de ânus). Para comprovar, pode-se fazer

In clumpy times several been woman and cialis Normally looked additionally http://www.1945mf-china.com/cheap-canadian-viagra/ not hasn’t particularly http://www.lolajesse.com/how-much-does-cialis-cost.html soft seconds discontinue though mohawk http://www.jaibharathcollege.com/cialis-in-uk.html these it Eucalyptus butt online discount cialis expected feel frizz under cialis cheap virtually, their consistency acne clinkevents.com “drugstore” my messy-ish extensions order viagra shape to cialis brand name . Sisters moisture orange. Denman http://www.jaibharathcollege.com/cialis-soft-canada.html Face worked she way Disney. Not female viagra pills Antibiotics experience . Hair http://www.rehabistanbul.com/cialis-price-in-canada Favorite put conditioner similar cialis to store. Stars contour pharmacy lolajesse.com too. Many Betrayal buy cialis without a prescription lolajesse.com Aveeno at – this buy cialis on line quality occasional There to:.

esse mermo vocábulo em guarani moderno, e teriamos ‘Teviesa‘ ou ‘teviresa‘.

Agora analisemos o nome de Jaguanharõ e da vila fundada. Jaguanharõ é um nome comum em tupi clássico, que nada mais significa que onça brava. Temos Jaguara, que é a palavra para onça e nharõ que é bravo. Temos como prova, por exemplo, a forma guarani do mermo nome, que seria Jaguañaro.[6] Já o nome do planalto em que se estabeleceu o Collégio, piratininga, obtém-se do fato sempre presente, e sempre ignorado, de que a região já sofria com enchentes desde antes da fundação da cidade.

Então, há não só enchentes de rios, como grandes inundações dos
campos; nessas ocasiões, uma imensa multidão de peixes, que
saem da agua para pôr ovas, deixam-se apanhar sem muito trabalho
entre as ervas, e compensam por algum tempo o dano causado
pela fome que trouxera a subversão dos rios.
(ANCHIETA, 1560)

A conclusão que se tira do trecho acima é que com os alagamentos, os peixes muitas vezes ficavam na terra com o recuo das águas, e secavam ao sol, dando então o nome do planalto : peixe seco. Interpretemos pois o nome em original. ‘Pirá’ é o tupi para peixe, e ‘tininga’ é o tupi para seco.[7] Um exemplo da universalidade deste nome é que o palácio do governo do Rio Grande do Sul se chama Pirátini.

Os nomes que não foram analisados serão analisados em post próprio para isso, posto que apresentam maior dificuldade de analise, e portanto demandam maior espaço de explicação.

Bibliografia

Anchieta, José de. Carta de São Vicente

São Vicente, 1560

1-Silva Leme, Luiz Gonzaga da. Genealogia Paulistana

2-Idem

3-Ibidem

4-Acosta, Feliciano; Canese, Natalia Krivoshen de. Diccionario Guaraní Español Español Guarani. Assunção, Instituto Superior de linguas, Universidade de Assunção.2006

5-Idem

6-Ibidem

7-Navarro, Eduardo de Almeida. Método Moderno de Tupi Antigo

Petrópolis, Vozes, 1998


VEJA MAIS!