A Casa Imperial do Brasil

A Casa Imperial do Brasil

A Casa Imperial do Brasil representa a parte mais velha, contudo feminina, do ramo português da Casa de Bragança. O Reino do Brasil foi estabelecido por Dom João VI, quando era o então Regente de Portugal, no exílio, no Rio de Janeiro, durante as Guerras Napoleônicas. Após o seu retorno, relutante, para Portugal em 1821, o Brasil declarou a sua independência e proclamou o regente, seu filho e herdeiro, como Imperador, com o nome de Dom Pedro I, no dia 1 de outubro de 1822. Dom Pedro I abdicou em favor de seu filho, Dom Pedro II, e voltou a Portugal em 1831. Ele tinha herdado de seu pai aquele reino em 1826, e abdicou daquele trono em favor de sua filha, Dona Maria. Dom Pedro II foi forçado a deixar o governo por causa de um golpe militar de estado, onde o Brasil era declarado como uma república em 15 de novembro de 1889.

Conheça a família Imperial do Brasil:

Chefe da Casa Imperial do Brasil

Sua Alteza Imperial e Real, D. Luís Gastão de Orléans e Bragança

Príncipe Imperial do Brasil

Sua Alteza Imperial e Real, D. Bertrand Maria José de Orléans e Bragança

Sua Majestade Imperial, Imperatriz mãe do Brasil

Sua Alteza Imperial e Real, D. Maria Isabel de Wittelsbach


Príncipes do Brasil

Sua Alteza, D. Antônio João de Orléans e Bragança

Sua Alteza, D. Cristina Maria de Orléans e Bragança

Sua Alteza, D. Rafael Antônio de Orléans Bragança

Sua Alteza, D. Amélia Maria de Orléans e Bragança

Sua Alteza, D. Maria Gabriela de Orléans Bragança

Sua Alteza, D. Isabel Maria de Orléans e Bragança